segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

sábado, 28 de janeiro de 2012


"No dia que o ser humano passar por uma criança que tem fome e não sentir nada, nesse dia a humanidade estará chegando ao fim."

Os problemas sociais são tão importantes quanto os teus problemas individuais. Permaneça com o amor próprio, mas abandone o egoísmo. Pense mais no outro, pense mais naqueles que não tiveram a mesma sorte ou oportunidade que você.

http://deposito-de-tirinhas.tumblr.com/

Galera, vamos valorizar mais as atitudes do que as palavras. FATO!

http://naofoidito.tumblr.com/

A tua vida tá boa?? Deixa eu lançar uma verdade bem dolorida na tua cara: PODIA TÁ MELHOR!! E por que não está? Porque a gente se contenta com muito pouco. Sabemos que têm pessoas nos roubando e mesmo assim ficamos assistindo ao futebol no domingo, vendo as piadas idiotas da internet, as putarias que nela também tem, saindo pra "se divertir" (mal sabendo que a diversão poderia ser muito melhor se não fôssemos tão conformistas) e por aí vai. Um povo inculto, desinformado, que acha que tudo está indo bem, que a televisão é lazer, bem como a internet (claro que ambos são lazer, mas não à toa) facilmente vai ser manipulado. Quem é inteligente mesmo não se contenta com pouca coisa. Informe-se! Procure saber o que se passa mais na política, pra onde vai teu dinheiro etc. Dedica apenas 30% do tempo que você gasta com internet e televisão a uma boa leitura. Você vai ver como as coisas irão mudar... aos poucos... e pra melhor!
http://naofoidito.tumblr.com/

http://naofoidito.tumblr.com/

"A ditadura militar já acabou. Só esqueceram de avisar à polícia."

http://olheosmuros.tumblr.com/

"Se eu tivesse a força que você pensa que eu tenho eu gravaria no metal da minha pele o teu desenho."

(HG)

http://olheosmuros.tumblr.com/

Contra ou a favor?

:

A discussão sobre  a legalização da maconha é cada vez maior. Os que usam, claro, são a favor, alegando ser uma das drogas que menos viciam e menos causam prejuízos. Porém tem muita gente que ainda é contra e sinceramente dizem apenas ser contra por se tratar de uma droga: Ah, mas é droga então não pode ser legalizada! O papo é sempre esse, mas se for perguntar ao certo o que sabem a respeito... já viu né?! Dizer que não concorda apresentando motivos é plausível, no entanto dizer que discorda sem ao menos entender do assunto é pura ignorância. Abaixo segue os motivos para ser a favor ou contra a maconha. Informe-se e veja de que lado você está.

Pontos prós:
  • Se o governo liberar a maconha, vai reduzir a violência e enfraquecer os traficantes - pois as pessoas vão preferir comprar com segurança em qualquer padaria;
  • Legalizar pode ser bom para o Estado. Um estudo da Universidade Harvard estima que o governo americano arrecadaria US$ 6,2 bilhões por ano se taxasse a maconha;
  • A maconha é bem menos viciante do que qualquer outra droga. Dos que experimentam maconha, 9% ficam dependentes - contra 15% do tabaco e 32% do álcool;
  • Proibir a maconha acaba estimulando o consumo. Na Holanda, onde ela é liberada, 5,4% das pessoas fumam. Já nos EUA, onde é proibida, são 10%;
  • A Cannabis combate náuseas, dores e perda de apetite, e já foi liberada para uso medicinal em 16 estados dos EUA. Mas, acima de tudo, quem fuma assume os eventuais riscos à saúde. E ponto final.
Pontos contra:
  • Maconha pode ser uma entrada para drogas mais pesadas. Ela aumenta em 56% a possibilidade de consumo de outros tipos de drogas;
  • A erva pode causar alucinações e afetar a memória. Uma análise de 35 estudos publicada no jornal científico Lancet revelou que fumar maconha 1 vez por semana eleva em 40% o risco de ter esquizofrenia;
  • Legalizar a maconha não acabaria com o crime organizado. Os bandidos simplesmente migrariam para outras atividades ilegais;
  • Algumas pessoas sempre irão se viciar ou sofrer acidentes sob o efeito de qualquer droga. A sociedade não precisa de mais uma. E ponto final.

Fonte: Super Interessante, edição 296 - out / 2011

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

http://naofoidito.tumblr.com/

E você, o que tem feito por quem precisa?
http://naofoidito.tumblr.com/

Sinceramente? Eu tenho mais medo da polícia do que dos próprios bandidos.



O segredo é "sentir com inteligência e pensar com emoção".

(Engenheiros do Hawaii)




Vou caminhando e sendo eu mesmo. Prefiro ser autêntico a ficar imitando um e outro.


http://olheosmuros.tumblr.com/
"Nas garras da águia, nas asas da pomba. Em poucas palavras, num silêncio total. No olho do furacão, na ilha da fantasia. Quanto vale a vida?"

(Engenheiros do Hawaii)


http://olheosmuros.tumblr.com/

Acho que não preciso falar mais nada.



http://libertesedosistema.tumblr.com/

E você tem se revoltado com o quê?

http://libertesedosistema.tumblr.com/

"Liberdade pra escolher a cor da embalagem."

Essa é a liberdade que a gente tem. E o pior é que nos acostumamos com isso. 

Cuidado: "As coisas que você possui acabam possuindo você!"

Você é livre?

http://libertesedosistema.tumblr.com/

Será mesmo que somos pessoas livres? Não é porque chegam até a gente e dizem "vocês são livres!" que de fato nós somos. O que diz se realmente vivemos como pessoas livres ou não vai muito além das palavras, tem haver com "condições de vida". E se analisarmos por esse ângulo podemos afirmar categoricamente: somos tão escravos quanto antigamente.


domingo, 22 de janeiro de 2012



Tô procurando meu lugar no mundo. Quem sabe não te encontro por aí, sem querer. Ou de propósito mesmo!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012



Tava vendo um tumblr hoje e vi uma variação de palavra bem interessante: Res(pirando)!
E viver é isso mesmo. É respirar. É pirar. É sobreviver!!
A questão é: a gente tá res(pirando) pela coisa certa?


segunda-feira, 16 de janeiro de 2012


Enquanto você fizer parte da minha rotina não vou querer sair dela de jeito nenhum.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

"Se alguém já te deu a mão e não pediu nada em troca, pense bem, pois é um dia especial..."


Belíssima letra, vale apena conferir.

Banda: Pouca Vogal
Música: Dia Especial


"Eu sonhei que as pessoas eram boas em um mundo de amor e acordei com a 3° Guerra Mundial. O amor é maior que tudo, do que todos e até a dor se vai quando o olhar é natural. Mas te vejo e sinto o brilho desse olhar que me acalma e me traz forças pra encarar... TUDO!"

Pouca Vogal


Gosto dos álbuns de fotografias. Futuramente quando formos revê-los vamos lembrar dos melhores momentos que vivemos. Mas além do álbum de fotografias aprecio também o álbum de palavras. É mais completo. Nele não se encontram apenas as boas histórias. Nele tem tudo. Em todos os álbuns de fotografias só se vêem pessoas sorrindo, mas esquecemos que entre uma foto e outra as lágrimas surgiram e que elas foram importantes (de alguma forma) para que outros momentos bons aparecessem. O álbum de palavras é mais fiel. Contam os momentos felizes que nos deram paz e os momentos tristes que nos trouxeram maturidade. E é por isso que eu escrevo, afinal sou todo palavras.

Escrevendo a própria história


Olá pessoas! Hoje (re)comecei a escrever em meu diário. Assumi o compromisso de escrever tudo que acontece comigo durante o dia, contar-lhe as coisas mais importantes, desabafar, brigar, pois afinal às vezes a gente precisa disso, não é? Desabafar, mesmo que ninguém fale nada. E mesmo neste primeiro dia de histórias e desabafos percebi algo interessante (já havia notado antes, mas desta vez ficou mais claro). Escrevi nas primeiras páginas e elas estavam óbvias, era tudo aquilo que eu já sabia, tudo aquilo que eu já tinha vivido. Mas aí eu olhei para as outras páginas, as que ainda não estão escritas. Aquele caderno inteiro com páginas em branco. Daí me veio o pensamento: o que estará escrito nestas páginas nos próximas dias, meses, anos...? Quais serão os nomes, os lugares, as histórias, os risos, as lágrimas e tudo que estará contido nela? Fiquei curioso. É a minha história, sou eu quem escrevo e nem sei o vai estar contido nela. Daí me veio outro pensamento: não sei ao certo o que vai acontecer, mas posso escolher e tentar antecipar aquilo que meu coração deseja e precisa. Confesso que a página que mais me intrigou foi a última. Olhei para ela por um bom tempo. Bem, vou viver os dias e escrever no caderno. Espero que o fim seja tão bom quanto o começo. Espero que, um dia, quando eu ler a minha própria história, eu tenha orgulho de cada coisa que vivi. Hoje foi o começo do meu álbum de palavras.


Quantas pegadas tem na areia que você caminha? 


Havia um menino que todos os dias escrevia em seu diário. Não ficava um dia se quer sem escrever nele. Mas seu diário era diferente. Nele ele colocava não o que tinha acontecido, mas o que deveria acontecer. Antecipava no caderno como deveria ser seu dia e sempre encerrava assim: Vou viver todos os meus sonhos, ser fiel aos meus sentimentos e sorrir em paz no final do dia! E para fazer jus ao seu diário e não decepcioná-lo, todos os dias tinha este compromisso: viver seus sonhos, ser fiel aos seus sentimentos e sorrir em paz final do dia. 

Quando a gente coloca a felicidade como compromisso, a gente consegue ser feliz!

Henrique Tavares

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012


A gente só tem saudades daquilo que tinha e agora não tem mais, ou do que tem, mas no momento está longe. O resto não é saudade: é vazio mesmo!